8 Regras para evitar ser enganado ao comprar Celulares, Smartphones e baterias falsificadas com selo da Anatel falsificado


Você já deve ter lido por aí, ou simplesmente ouviu alguém dizer que a Anatel vai fechar o cerco contra os picaretas que lucram com celulares falsificados, smartphones falsificados e baterias falsificadas, vulgo “xing-ling” e “made in china”.

Diz a Anatel que vai obrigar a homologação de tudo o que for comercializado legalmente, de modo que, se o consumidor não ver um selo da Anatel colado no aparelho ou na bateria, será indício de que o produto é falso; pirata.

Com uma notícia dessas, os picaretas provavelmente ficaram sem dormir… por alguns dias, é claro! Eles inventaram algo novo para contornar o problema deles: selos falsos da Anatel. Fato que, alguns deles já estão sendo presos em operações da Polícia Federal, como pode conferir na notícia “Homem rouba selos da Anatel” e “Homem é preso com selos falsificados da Anatel“.

De acordo com a Cartilha de Homologação de Produtos da Anatel, não basta o produto importado ser certificado por órgãos reguladores de outros países; é necessária a homologação da Anatel. Tanto quem fabrica ou vende, quanto quem usa equipamentos de telecomunicações fora do padrão estabelecido pela Anatel comete infração punível com multa e, em alguns casos apreensão, segundo Regulamento para Certificação e Homologação de Produtos para Telecomunicações, aprovado pela Resolução 242.

A homologação da Anatel é obrigatória para todos os equipamentos de telecomunicações. Os mais usados são: telefones celulares, fixo e sem fio, controles remotos de alarmes, portões e brinquedos, baterias de celulares, roteadores e modems, microfones, mouses e teclados sem fio.

Para tal, eles criaram o selo da agência:

selo-anatel-baterias-celulares

 

Mas, porém, a picaretagem já está usando falsos selos da Anatel, e enganando muito “neguinho” por aí, principalmente nos “Mercados Livre” da vida… A pilantragem está descaradamente colocando produtos piratas à venda usando selos falsos. Eles são tão descarados que chega ao ponto de subestimar a inteligência do — pra não chamar de burro — persona que clica no botão “comprar”.

Digo mais! Esse esquema é tão grande, que está indo de vento em popa junto a milhares de lojas em todo o comércio brasileiro. Muitos que têm um nome a zelar, e responsabilidades jurídicas a cumprir, estão se arriscando ao optar por vender produtos falsificados e contrabandeados, aproveitando-se da ingenuidade da grande maioria.

Esteja atento, meu caro! Segundo a Anatel, “Constitui obrigação do fabricante no Brasil providenciar a identificação do produto homologado, nos termos do art. 39 do Regulamento anexo, Resolução Anatel n° 242, em todas as unidades comercializadas, antes de sua efetiva distribuição ao mercado, assim como observar e manter as características técnicas que fundamentaram a certificação original.”

Eu resolvi fazer a minha parte: escrever este artigo para que, de alguma forma, possa ser encontrado na busca por aquele que pesquisar antes de concluir uma compra.

Antes que alguém me pergunte se comprei algo e depois descobri que fui enganado, não. Eu não comprei, justamente porque eu resolvi pesquisar antes.

Ao procurar por uma nova bateria para o meu smartphone, me deparei com várias possibilidades de compra com diferentes preços, e depois de pesquisar, compreendi que todos estavam ofertando um produto pirata. Em alguns casos, mais especificamente no Mercado Livre e Que barato, chega a ser nítida a situação onde quem vende não se trata de loja idônea, e sim bandidos travestidos de comerciantes. Vender algo falsificado com argumentos e artifícios manipulados para enganar o consumidor é crime!

Siga estas 8 regras para evitar ser enganado ao comprar Celulares, Smartphones e baterias falsificadas com selo da Anatel falsificado:

  1. O termo “original” não é um diferencial. Ninguém escolheria um título de uma página de vendas como:  “Bateria para modelo X pirateada. Frete grátis”.  Ler “Original” não deveria acabar com uma objeção de compra do consumidor;
  2. Produto com foto boa significa nada, pois 90% das fotos são ilustrativas, retiradas do site oficial do modelo que está sendo vendido, e não exatamente uma foto real do produto naquela situação;
  3. Fotos reais do produto no estoque passam boa impressão, porém, é um método “isca” para atrair a atenção daqueles que se acham espertinhos. O vendedor usa uma foto real com a embalagem original do produto, mas quando alguém faz a compra, recebe outro produto sem embalagem; produto pirata que não é o mesmo da foto do produto original;
  4. Selo da agência Anatel também significa nada, pois os picaretas estão usando selos falsificados com números de homologações inválidas e/ou pertencentes a terceiros. Ou seja, eles imprimem selos retirados de um outro produto qualquer para enganar o consumidor que não sabe procurar pelo protocolo da homologação. Para não se deixar enganar, pegue o número que está no selo, e verifique no site da Anatel pelo link: http://sistemas.anatel.gov.br/sgch na opção “Consultar produtos homologados”. Se não estiver registrado para a empresa que está te vendendo, ou se o modelo e tipo do produto for diferente daquele que você estiver comprando, caia fora… É falsificado!  Não somente isso, denuncie! Escreva nos blogs e sites especializados apontando o vendedor e a loja para que outros não sejam lesados;
    anatel-consulta-sgch
  5. Preço baixo? Óh que legal! Esse é o problema do brasileiro… achar que pagar barato é sair com a vantagem. É justamente o contrário. Uma empresa legal tem que cobrir seus custos em cima do produto e impostos. Uma empresa legal não vai ficar no prejuízo vendendo barato, pois produtos originais usam matéria prima cara. Portanto, o barato sai caro;
  6. Tem nota? Alguns dirão que não é mais necessário nota porque os sistemas de gerenciamento de pedidos guardam todos os dados de compra, do comprador. Sim, e quando o produto que você comprar der problema, como você vai reclamar sem nota? Picareta não tem compromisso com qualidade, logo, não querem oferecer qualquer documento a seu favor;
  7. Tem garantia, e de quanto tempo? A maioria dos produtos falsificados tem garantia máxima de três meses, enquanto que produtos originais podem dar garantia de 6 meses até 1 ano. Quando não existe uma garantia ou a mesma é muito curta, isso significa que o revendedor não tem garantia do fabricante, por não ter qualquer compromisso “legal” com o distribuidor.
  8. Já ouviu falar de Google? Sim, é o pai da internet! Então, antes de comprar, vá ao Google e digite o nome do modelo do seu produto, ou o link, ou alguma coisa que mencione aquele produto que você quer comprar. Você poderá encontrar pessoas que compraram e tiveram problemas. É nessa etapa que você vai ler algumas reclamações no ReclameAqui, por exemplo.

E digo mais: você pode se deparar em uma situação onde 90% dos produtos são falsificados. Ligue para as lojas “idôneas”, e verá que a maioria vende modelos sem embalagem original, com saquinhos “OEM”. Não caia nessa!

Na dúvida, prefira comprar no site oficial do fabricante ou distribuidor autorizado. Pague mais caro por isso, pois ter o produto legal e original é muito melhor! Um produto falsificado dessa categoria é prejudicial a saúde, além de te deixar na mão muito antes do tempo previsto…  E não tenha pressa para comprar, pois diz o ditado que ela é inimiga da perfeição.

Veja a foto de uma Bateria para Samsung Galaxy Ace GT-S5830B no Mercado Livre com Selo Falso da Anatel.

bateria-falsa-galaxy-gt-s5830b-selo-falso-anatel

 

Ao verificar pelo número homologado 0351-08-0502, o resultado foi (clique na imagem para ampliar):

como-verificar-selo-verdadeiro-falso-anatel2

 

E veja esta Bateria Original para Samsung Galaxy S4 que tem o Selo Verdadeiro da Anatel.

bateria-original-galaxy-s4-selo-anatel

Ao verificar pelo número de homologação 0387-13-6146, o resultado foi este (clique na imagem para ampliar):

como-verificar-selo-verdadeiro-falso-anatel

 

Segue outro exemplo, no caso um vídeo do Canal iPhoneBrasil, onde o Matheus mostra a diferença entre carregador falso x verdadeiro do Iphone:

Veja que o Selo da Anatel presente do carregador verdadeiro, de fato, é verdadeiro. Ao pesquisar pelo número homologado, o resultado foi:

selo-verdadeiro-anatel-carregador-apple

Isto indica que o Matheus fez a análise corretamente…

Portanto, que todos estejam atento para o modelo, nome do fabricante, tipo do produto e data de validade do selo. Caso não coincidir com o produto… você já sabe: é um forte indício de ser um produto pirateado!

Atente-se:
Produto original tem embalagem original, nota, garantia mínima de seis meses, selo da agência Anatel com número legítimo (que você pode conferir no site da Anatel) no nome e tipo do modelo, e no nome do distribuidor.

 

Tema Portal WordPress - PortalPress


43 Responses to “8 Regras para evitar ser enganado ao comprar Celulares, Smartphones e baterias falsificadas com selo da Anatel falsificado”

  1. Ederson Jr

    Parabéns pela informação!!!! Eu não sabia como verificar o selo da anatel. desconfiei depois que vi muitos no MercadoLivre usando o mesmo selo…. Conferi aqui e é falso. Cara… É difícil confiar no MercadoLivre…

    Reply
  2. Cíntia

    Parabéns pelo texto e pelas informações contidas nele! É muito importante estar atento ao fazer uma compra e eu não estava a par de como verificar o selo. Obrigada!!

    Reply
  3. Kleber Germano

    Este texto é de utilidade pública. Eu estou pesquisando há 4 dias antes de efetuar uma compra no Mercado Livre, e havia digitado por “selo falso anatel” no google, e NÃO lembro de ter encontrado esse seu texto antes.

    Mas hoje novamente fiz a pesquisa, e o seu texto apareceu na primeira página do google..

    Isso foi útil pra mim, pois evitou que eu fosse enganado. Não me passou pela cabeça que eu seria vítima no Mercado Livre. Com ajuda desse texto, acabei conferindo todos os selos dos produtos que eu estava vendo, e todos são realmente falsos!

    Espero que o Mercado Livre reveja suas regras, pois está ajudando picaretas vendendo produtos contrabandeados com selos falsos da anatel……

    Reply
  4. Douglas

    Muito boa esta matéria. Comprei um Galaxy S3 por um preço bom no Toda oferta uol e acabei de constatar que o produto não está homologado pela Anatel, embora possua o selo. Estão conseguindo enganar direitinho….

    Reply
  5. Marcelo

    Esqueceu e falar que aparelho falsificado não vem com manual de instruções.
    Fui comprar um pirata e como não tinha manual fiquei cerca de duas horas mexendo em alguns e percebi que existem piratas e piratas comprei o melhor deles por 15% do valor do original. Pirata é ruim mesmo, mas se você não quer gastar muito sem se arrepender tem que encontrar algum que te satisfaça.

    Reply
  6. Diego

    Muito obrigado pelas dicas… Venho pesquisando antes de comprar um motorola moto g… Perguntei até no site da motorola algumas dicas pra saber se o que eu encontrei é falso ou não, mas nem eles souberam responder… Encontrei um muito barato pra ser original… Vou usar essas dicas amanhã pra saber

    Reply
  7. Edgard

    Li a matéria e posso dizer que tem algumas dicas úteis, porém o simples fato de chegar o numero do selo na ANATEL não é válido, sigo isso que por exemplo no caso do Galaxy S4 4G o numero da anatel do aparelho é o mesmo de um aparelho S4 para outro S4 e hoje os falsificadores estão muito mais espertos e copiam este número. O melhor a se fazer é conhecer bem o produto, analisar o preço e SEMPRE pedir a nota fiscal com o IMEI do aparelho na mesma.

    Reply
  8. Arthur

    Thalis queria saber,quando vc coloca o codigo de homologação da numeração da bateria,se nao aparecer nada é pirata?

    Reply
  9. Juliano

    Boa Thalis, estava pesquisando a compra de um iPhone 6 64gb no mercado livre, ao perguntar sobre a homologação da anatel todos falam ” sim ė homologado”, não da p confiar no ML mesmo, vou pagar mais caro, porém posso confiar no submarino, magazine Luiza etc, afinal os precos não estão tão diferentes assim.

    Reply
  10. Giselle

    Muito boa a materia, aconteceu cmgo esses dias, comprei um controle do xbox one no site das casas bahia, fui olhar se tinha o selo da Anatel e não tem, liguei p o fornecedor o mesmo disse ser original mas importado. O q devo fazer?

    Reply
  11. Jonathas

    ee como proceder no caso de compra de celular nao homologado numa loja reconhecida no mercado?

    Reply
  12. Marcelo

    Ótimo site, agora eu sei identificar um produto falso, comprei uma bateria para um samsung Ace, a loja no mercado livre me vendeu como original mas após consulta descobri que que o selo é de um Lg e ainda deu problema.

    Reply
  13. Douglas Miranda

    O que impede clonar o selo Original e colocar em baterias falsas? O número da bateria do meu Galaxy S4 é o mesmo descrito nesse anúncio… 0387-13-6146 TAA 153469533

    Reply
    • Fabiano

      Pois é Douglas, me peguei fazendo o mesmo questionamento. Até porque, consultando pelo site da Anatel, aqueles arquivos em anexo referentes à consulta não tem fotos que comprovem a autenticidade do produto.

      Sugiro que consultem o modelo da bateria no site da Anatel, e deem uma olhada nos arquivos em anexo, as fotos não batem. Temos que cobrar por uma fiscalização maior desses produtos!

      Reply
  14. Edmar

    Postagem muito útil. O complicado é comprar pela internet e encontrar uma empresa que não é seria.
    Essa foi uma preocupação nossa também ao criar o Preço Info, que é muito focado na pessoa ir ate a loja para adquirir o produto, assim ele pode chegar essas infos.

    Reply
  15. Fernanda

    Adorei saber essas informações. Só gostaria de saber pq não encontro mais baterias para S4 que não sejam falsificadas da China. Até de S3 eu encontro, mas S4 não. Originais que vi são do Vietnã e do Brasil mesmo, foram as que vieram nos aparelhos. A impressão que tenho é que vender produto original virou crime, tudo que procuro só encontro falsificação!

    Reply
    • thalisvalle

      Exato, Fernanda!
      Está difícil encontrar acessórios de eletrônicos originais.
      O Brasil está literalmente vendido aos chineses. E não é só a cultura de “jeitinho” brasileiro que está colaborando pra isso, mas nosso governo corrupto também.
      Na av. paulista em SP você compra produtos recauchutados piratas, sem nota, sem impostos, sem nada, vendidos como originais e novos a céu aberto e pra todo mundo ver!
      Nosso governo está nos encurralando. Até mesmo produtos para casa e caros estão vindo com baixíssima qualidade, com duração de um ano. Matéria prima duvidosa.

      Reply
  16. terrão

    É só que tem um problema em seguir os números dos selos que são homologados. Até alguns produtos originais não o são ainda, por exemplo voce acha a notícia no google que foi aprovado a homologação da bateria do iphone. Então quer dizer que antes não era homologado. Achar peças de reposição homologadas é tarefa impossível visto que até as lojas que deveriam ter produtos legais, como americanas, submarino por exemplo, não apresentam números de homologação válidos. Então original só se for retirado direto das lojas de telefonia movel. Ademais as baterias piratas ou pelo menos as não homologadas, custão tão menos que os riscos de adquiri-las não supera sua barateza. Em outras palavras, mesmo que durem 3 vezes menos, ainda assim são 10 vezes mais baratas.

    Reply
  17. André

    Eu cheguei à conclusão de que não existe lugar algum que venda baterias originais SAMSUNG. Até agora não encontrei. E tudo isso com a conivência da SAMSUNG que em seu site não disponibiliza qualquer informação sobre bateria , sobre identificação de produtos originais, sobre onde comprar e sequer vendem bateria em sua loja virtual. Hoje mesmo quase me dei mal. Numa loja física aqui da minha cidade comprei uma bateria por R$80. Era idêntica a original, mas como sempre nunca vem em embalagem do fabricante. Levei. No outro dia fui devolver e dei sorte que o cidadão devolveu o dinheiro numa boa. A verdade é que essas lojas são legalizadas pelas prefeituras mas vendem pirataria e ninguém faz nada. Reclamei no Procon aqui e disseram que só entrando na justiça. O Brasil virou definitivamente uma terra sem lei. O povo perdeu a vergonha de vez. Até sites como Americanas e etc. estão vendendo baterias falsas por meio de terceiros. Virou bagunça total. Se alguém conseguiu comprar bateria original (meu smart é I9192 S4 Mini Duos) eu ficaria imensamente grato se pudesse indicar. É serviço de utilidade pública isso, já que que virou terra sem lei o comércio de baterias. Meu smart me satisfaz. Não preciso de outro .Mas se continuar assim serei obrigado a comprar outro. Uma grande palhaçada isso. Se alguém puder me ajude indicando um comerciante sério no país.

    Reply
    • thalisvalle

      Sim, André! O Brasil já é terra de ninguém há muito tempo… só agora a sociedade está percebendo. E sim, milhares de lojas “legalizadas” estão comercializando produtos piratas há anos e anos e anos. Os produtos piratas e do mercado cinza invadiu literalmente o Brasil. Os Chineses tem parte em usar este país politicamente através desta estratégia de produtos baratos. Nosso país está vendido, sucateado. O consumidor inteligente que sabe pesquisar nas mídias paralelas se vê realmente perdido quando descobre que é uma formiguinha em meio a tanta gente idiotizada e nem aí com nada! Nossos políticos nos fudendo há cada ano com leis que nos encurralam cada vez mais, a ponto de tornar a vida difícil até para se bancar com contas básicas, MAS o povo está nem aí… reclamam mas não agem para nada! Além de todo o descaso conosco, o povo brasileiro não é unido, não se preocupa com o próximo. O Brasileiro vive uma “farça” de que é humano e solidário. balela. O povo brasileiro é egoísta e burro. Eu não acredito mais nesse país, pois vejo a cada dia que afunda cada vez mais. E temos culpa nisso também, porque estamos distraídos com porcarias. Nunca se viu tanto marmanjo perdendo tempo da vida com whatsapp, joguinhos, video game, pornografia, etc. Em vez disso deveria estar lendo sobre conteúdo político para saber que estamos sendo dizimados em banho maria. Vc só se deparar com produtos de mercado cinza e piratas no brasil e pagando mais caro que produto bom no exterior é só uma pequena parte do qto aqui anda uma bomba relógio! Eu imagino aqui o dia que formos ao supermercado e nos depararmos com papal higiênico a 30,00 reais o rolo. Em um maço de alface a 20,00. rapidamente chegaremos lá!

      Reply
      • André

        Li e concordo com suas palavras. Mas sobre a bateria para o meu modelo S4 Mini Duos eu informo que finalmente consegui comprar uma original em uma autorizada Samsung. Mas para chegar a ela tive que pesquisar muito, telefonemas e etc. Reclamei na Samsung, inclusive por meio do ReclameAqui e outras mídias. Só recebi respostas inúteis. Absurdo. Enfim, depois de uma saga consegui a tal bateria. A autorizada da minha cidade não tinha e disse que poderia encomendar diretamente da Samsung. Numa autorizada de outra cidade existia a pronta entrega e pela metade do preço que a autorizada da minha cidade queria.Optei por esta porque o outro preço era exageradamente caro. Ou seja, além de tudo alguns comerciantes querem ganhar um lucro absurdo.Enfim, a bateria nova está ok e assim evito comprar um outro smart que nem queria na verdade. O que tenho atende minhas necessidades. É isso. Mas você falou verdades aí no seu texto. Tristes verdades.

        Reply
      • André

        PS: Curiosamente descobri que nem em todos os países a Samsung age com tal desprezo pelos consumidores. É coisa de Brasil mesmo. Entrando no site oficial da Rússia , país onde este modelo também é vendido, existe DISPONÍVEL a tal bateria. E coincidentemente converti o valor da bateria apresentado lá e foi o mesmo que paguei aqui.

        Reply
    • FABIANO

      André, infelizmente estou passando pelo mesmo perrengue pra comprar uma bateria original pro meu S4. Já entrei em contato com a Samsung, e a empresa “não sabe” informar onde posso comprar bateria original. Eles tiveram coragem de me indicar a loja virtual da Samsumg, sendo que lá não tem bateria! Só capinhas, cabos, e outras ninharias.

      Já passei tanta raiva com meu S4, que com certeza esse será o último smartphone que terei dessa empresa. Definitivamente, um dos piores atendimentos que já tive, e olha que não se trata de nenhuma empresa pequena.

      Reply
  18. Evans

    Boa noite!
    Gostaria de tirar uma duvida… fiz uma compra nesse Mercado Livre da vida ai, efetivei o pagamento, porém ainda nem foi aprovado lá, porém, só comprei o devido iPhone porque vem com a nota fiscal e 1 ano de garantia, mas após a leitura, fiquei bem na duvida…
    Você pode me ajudar? Ou ao menos me orientar?

    Reply
  19. Paulo

    Comprei um android da samsung nas americanas.com, o mesmo veio do vietnam e na caixa faltou o fone de ouvido e o cabo usb. Para mim chegou de americanas.com que até então era uma loja boa. O vendedor é: Dilmar Damazzini Júnior, do Paraná.

    Reply
  20. Sydney

    o Google é o pai da internet, por isso eu encontrei essas dicas após muito pesquisar por ter dor de cabeça com uma bateria falsa, mas depois de ler essa matéria eu nunca encontrei um site que tivesse bateria original para o Galaxy S3 neo, a bateria dele é a EB-L1G6LLU. Pesquisei no zoom.com.br, site que compara preços em várias lojas, e todas as lojas tinham um aviso minúsculo dizendo: “vendido e entregue por maxcell” esse é só um exemplo, por que já vi um tal de centermobile e vários outros. Então resolvi comprar direto da Samsung, mas acontece que a loja online deles só vende bateria externa. Dito isto, qual site posso comprar uma bateria original?

    Reply
  21. Thiago

    Excelente artigo! muito esclarecedor. Em consulta ao número do selo da bateria que adquiri recentemente esta com o status suspenso. Serve de alerta para as próximas vezes. Valeu.

    Reply
  22. Daniel

    Têm um outro porém ao procurar baterias avulsas para comprar. É difícil descobrir o preço correto da bateria original porque as lojas que realmente vendem baterias originais costumam cobrar o dobro do que elas realmente valem, fazendo as baterias originais vendidas no exterior parecerem “falsificadas” por causa do preço menor. E isso quando você acha uma loja que venda as baterias originais, a própria Sony por exemplo só mostra um único tipo de bateria na loja virtual dela

    Reply
    • thalisvalle

      A maioria das baterias no mercado são falsas. E até mesmo lojas que parecem idoneas vendem baterias falsas. O mercado chinês dominou o brasil.

      Reply

Leave a Reply

XHTML: You can use these tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>