A internet não tem crise


“Com a redução das verbas de comunicação das grandes empresas, vai aumentar a pressão do fazer mais com menos. E do lado de cá estará a internet prontinha esperando por todos eles”. (Fernando Schiavon)

Notícias dizem que grande parte dos gestores esperam orçamentos reduzidos para este ano e que poucos esperam manter seus investimentos. Um grupo ainda menor espera que seus orçamentos aumentem. É possível que nesse cenário surja uma excelente oportunidade para a internet receber ainda mais investimentos.

A internet é uma crescente e constante evolução nas campanhas promovidas nesse ambiente e cada vez mais sucesso e retorno aos seus anunciantes. Alguns e significativos investimentos em publicidade deste país ainda têm tímidas ou até mesmo nenhuma presença neste canal, seja por conservadorismo ou então pela garantia de retorno das agências em mídias mais convencionais.

Se juntarmos esse cenário com a redução de investimentos previstos para este ano, podemos prever um aumento de pressão nas agências e nos departamentos de marketing de grandes empresas para se fazer “mais com menos”.

Por exemplo, o Los Angeles Times está conseguindo receita com publicidade online suficiente para cobrir toda a folha de pagamento, tanto do pessoal online como do impresso. A informação é de Russ Stanton, editor do jornal. O prestigiado blogueiro Jeff Jarvis escreve hoje em artigo no The Guardian que o momento é “histórico”.

Ainda tem gente que ignora a internet. Estamos quase a ponto de ignorar quem ignora a internet. Mas, como não podemos, temos que dar consultoria. A internet não tem crise.

Tema Portal WordPress - PortalPress


Leave a Reply

XHTML: You can use these tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>