Anatel proíbe venda do Speedy


Nova instabilidade afetou os usuários do Speedy na última semana, devido excessiva terceirização de serviços e a falta de investimentos, que estão na raiz dos problemas enfrentados pela operadora.

A Telefônica não poderá mais comercializar novas assinaturas do Speedy até que melhore a qualidade do serviço. Mas, a empresa ainda está vendendo o serviço de banda larga Speedy para clientes do Estados de São Paulo, embora possa ser multada em 1 mil reais por assinatura vendida, com base em uma determinação da Anatel, publicada hoje (22/6) no Diário Oficial da União.

A Telefônica diz que, legalmente tem um prazo de 24 horas a partir da notificação para acatar as determinações da agência. Considerando esses termos, a venda do Speedy seria suspensa a partir desta terça-feira, junto com o atendimento das demais decisões do órgão regulador.

Segundo a Anatel, a publicação das medidas punitivas no Diário Oficial da União vale como notificação e a decisão vale a partir desta segunda-feira.

Mais uma vez a Telefônica tomando fumo, mas provando pizza no final.

Siga-me no Twitter.

Tema Portal WordPress - PortalPress


2 Responses to “Anatel proíbe venda do Speedy”

  1. Felipe Ranieri

    Espero que a telefônica leva uma naba daquelas…

    Nem pra cancelar ta dando.
    Estou tentando há alguns dias.
    Já estou com net virtua em casa há quase 3 semanas…

    Abração

    Reply

Leave a Reply

XHTML: You can use these tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>