Case: quando o cliente não investe


Se o cliente quer pagar pra que você apresente soluções por um negócio que não vem tendo resultado, mas o cliente não cumpre a sua parte no investimento, o que você faz?

Tema Portal WordPress - PortalPress


5 Responses to “Case: quando o cliente não investe”

  1. Fabio azevedo

    Obrigado pela mensagem Thalis,
    Cara, vai ter o encontro da Locaweb de webdesigners, agora dia 18 de junho, se der nos encontramos por lá.
    abraços,
    Fabio Azevedo

    Reply
  2. Janio Sarmento

    É uma pena que as pessoas pensem que comentários em blogs são substitutos para e-mails.
    Quanto à pergunta, eu chamaria o cara para uma reunião e seria absolutamente claro com ele: caro cliente, você não está fazendo a sua parte em nosso acordo aqui, ali e acolá, e por esta razão eu vou continuar recebendo o meu dinheiro mas não vou poder continuar e seu negócio vai falir, mas eu não sentirei a menor culpa.
    É justamente por esta atitude do sujeito que os negócios não vão bem.

    Reply
  3. thalisvalle

    Fabio, Obrigado.

    Sim, estamos pensando em qual evento ir ou realizar curso extensivo em algum lugar.

    Janio,

    “É justamente por esta atitude do sujeito que os negócios não vão bem”.

    Exatamente. É muito comum, é o cliente se passar por vítima, e botar a culpa no serviço ou consultoria que ele tem. E, é por isso que existem empresas que escolhem seus clientes. Já vivenciaram isso, e hoje não querem trabalhar para quem não acredita no trabalho.

    Eu sempre pensei que a postura mais certa é essa que você comentou, porém somente os corajosos dizem isso, porque muitos preferem abaixar a cabeça e consentir.

    Portanto, penso que: a saída é educar o cliente.

     

    Fabio e Janio,

    Obrigado pelo comentário

    Obs: estou procurando um plugin que dê possibilidade de a pessoa receber por e-mail avisos de novos comentários. Testei um, e não deu certo aqui.

     

    Abraços

    Reply
  4. Fernanda Prevedello

    É uma situação muito complicada e exige o uso da inteligência emocional do desenvolvedor, pois a tendência de quem desenvolve é só colocar a parte técnica e pronto. A maioria dos clientes acreditam que só pelo fato deles desembolsarem já se livram da resposabilidade de trabalho e participação no projeto, mas se sentem no direito de controlar as rédeas.
    Então é importante deixar claro que o acompanhamento e fornecimento de dados é fundamental para que tanto ele acompanhe o processo como nós, desenvolvedores, possamos entender cada vez melhor o produto ou serviço dele. Afinal é ele quem quer os resultados mais produtivos para evoluir não é? O desenvolvedor só vai na onda, mas é responsável sim por alguns direcionamentos, pois a maioria dos cliente não sabem o que querem.

    Reply
  5. thalisvalle

    Por essas e outras,
    Se tratando de desenvolvimento Web, quem executa colabora para criar a ferramenta, mas quem gerencia colaborada para trazer resultado. Cabe aos líderes decidirem as pessoas certas para cada tarefa.
    Eu memso, por exeperiência própria posso dizer: colaborei com algumas ferramentas que não “vingaram” porque não teve uma pessoa do comercial e nem estratégia de patavina alguma…
    E aí, de quem é a culpa? rs
     
    Abraços

    Reply

Leave a Reply

XHTML: You can use these tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>