Como despertar o sentimento negativo à marca


É incrível como muitas empresas ainda vivem no mundo antigo, em relação ao marketing e internet. Acabei de receber (sábado) uma carta da CredicardCity. Nela dizia que eu sou um cliente especial (sendo que eu não sou cliente e nem serei, depois dessa) merecedor de créditos e descontos. E mais, dizia que no rodapé da carta estava os descontos que eu merecia. Logicamente eu já sabia que o rodapé não iria descolar e então, eu não iria ver o tal desconto, restando a opção de ligar. O rastro da cola estava certinho sobre o desconto. Não pude ver. E, todos que receberam essa carta, também não. O interesse deles é de receber a ligação do “truta”, para então aplicar os blá blá blá psicológico e vender o peixe.

Esse é um truque mais sujo e de mau gosto que eu já vi nesse tipo de correspondência. Me irritou profundamente, tanto que eu resolvi enviar um e-mail para a CredicardCity, e por incrível que pareça, o e-mail não enviou. Causou erro no procesamento do formulário:

“I’m sorry. One of the characters you entered is not allowed by the system for security reasons. For your protection, your request has been stopped. You may try this request again or try another one by selecting one of the options displayed.”

Trabalho com internet há mais de 7 anos, e se eu não soubesse prencher um web form seria uma piada. Isso é mais um truque de mau gosto: dispensar a voz do consumidor.

É incrível como tem empresa que NÃO QUER ESCUTAR O CONSUMIDOR. Vivem no mundo da comunicação linear.

Mesmo assim, segue o que eles deveriam saber:

Ao Depto, que resolve:

Senhores, hoje recebi uma carta que dizia para eu abrir o rodape (colado) ou ligar para saber do cartão, pelo fato de eu ser uma pessoa especial e merecedora de créditos e descontos e aquele blá blá blá todo. Esse tipo de “coisa” é da época do “zagáio”, e nem o mais humilde dos humildes, compra essa.

1º ERRO: os tempos mudaram, e existem outras melhores maneira (entenda – argumento) de aguçar o prospect. O marketing da CredicardCity não sabe!

Eu tentei abri o rodape, mas percebi que a cola estava bem emcima do desconto, rasgando o papel.

2º ERRO: tiveram custo da cola, e apesar de ser de baixo custo, vocês pagaram para deixar um usuário irritado. Esse truque é de muito mau gosto, e ativa os nervosos sensoriais da irritação, o efeito psicológico do descaso, desconsideração, da interrupção! Existem outros formatos e maneiras de desenvolverem seus materiais de promoção, que fazem efeito. O marketing da CredicardCity não sabe!

3º ERRO: este formulário está com péssima usabilidade. Eu estou reescrevendo tudo, pois a primeira, ele deu erro. O certo seria a ação do formulário nem passar os dados para o request, evitando o constrangimento do usuário (no caso eu), de ver um erro estampado e na obrigaçao de retornar e preencher novamente. Eu só estou reescrevendo porque eu realmente quero que a ouvidoria leia este meu comentário. E, se ler…

Se eu fosse diretor de marketing dessa empresa, despediria os responsáveis irresponsáveis que não sabem fazer bem feito, não sabem como tratar seu consumidor.

Espero que alguém que tome providências, leia isto.

Vocês mandaram carta para um marketeiro chato. Eu não terei o cartão de vocês JAMAIS. Isso nunca vai acontecer, porque despertaram meu sentimento negativo em relação à marca CredicardCity.

Sem mais.

Obrigado
Thalis Valle

Como despertar o sentimento negativo à marca? Tratar o consumidor de burro!

Se você também já se sentiu “ofendido” pelas táticas banais das empresas, faça o mesmo. Se for fazer, que faça respeitando o consumidor.

Tema Portal WordPress - PortalPress


Leave a Reply

XHTML: You can use these tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>