Diferenças entre Newsletter e Spam


Já havia dito, no meu post “Spam, Estratégia de Suicídio“, como uma empresa pode ser mal conceituada ao praticar spam. Dando continuidade ao assunto, desta vez eu falo das diferenças entre Newsletter e Spam. Também publiquei uma carta de desabafo, retirada do Museu do Spam (escrita em 2003), por um ex-spammer.

Me pergunto: quais os motivos principais que levam uma empresa a enviar spam? Seria desejo de Marketing Share ou de ser Top of Mind?

Derrepente, para os spammers, sim. Pra mim, não. Isso não se aplica a qualquer um…

Divulgar não é “escancarar” um serviço ou produto “na cara” da grande massa; pessoas de diferentes classes sociais, diferentes gostos, diferentes desejos, diferentes níveis de educação, heavy users ou lights users. Essa forma de divulgar, pra mim, é como brincar de “pega-pega” – disputa entre empresas, pra ver quem vende primeiro. Nesse caso, a possibilidade de feedback é bem pequena.

Uma das formas correta de divulgação on-line, é através da Newsletter.

Para uma empresa programar o seu boletim de notícias e novidades, antes, ela precisa selecionar o seu target, do segmento e interesse relacionados. Antes que a arte seja criada pela equipe de criação, existe o planejamento promocional e a construção do briefing. Aprovada a campanha, a arte é criada e passada para a equipe de desenvolvedores, que convertem a arte em XHTML/CSS, para depois enviá-las.

Entre Newsletter e Spam, há algumas diferenças notórias:

Newsletters

  • As newsletters devem ter sua estrutura XHTML/CSS escritas de modo correto, para que sejam perfeitamente exibidas nos mais variados webmails, clientes de e-mails e browsers;
  • As newsletters, na propriedade src das tags img devem conter endereços de imagens apontados para o servidor, de modo que não sejam enviadas como anexos;
  • As newsletters devem conter imagens (na maioria dos casos) de extensão gif. Isso possibilita menor tempo de carregamento, pois são mais leves comparando com as imagens de extensão jpg. Há casos em que a qualidade é melhor quando em jpeg, como no caso de fotos bem detalhadas. Também, é preciso “manha” do Web Designer, pra reduzir ao máximo o tamanho da imagem, sem que haja perda de qualidade;
  • As Newsletters disponibilizam um link ou e-mail, como opção de remover o endereço eletrônico da mailing list da empresa que envia;
  • As newsletters devem informar e induzir o usuário a visitar o site da empresa, para obter outras informações;
  • As newsletters devem conter tópicos relevantes, do interesse de quem recebe. Além de informar, a newsletter deve criar o desejo no usuário, de continuar recebendo os beletins on-line, periodicamente;
  • Newsletter é seriedade.

Spam

No caso do Spam, geralmente não se aplica em nada, dito acima:

  • Spams são enviados por quem desconhece o que é segmentação, publico alvo e planejamento promocional;
  • Spams são enviados por empresas que não possuem setores de marketing, sem estratégia de venda;
  • Spams são enviados por empresas que não possuem política de segurança on-line;
  • Spams são enviados por empresas que não se preocupam com a satisfação do cliente;
  • Spams são programados de modo errado e muitos deles enviam anexos que causam desconfiança no cliente;
  • Spams não fornecem o link para remoção de e-mail da mailing list;
  • Spam é amadorismo.

No meu outro post sobre Spam, eu havia dito:

“Uma empresa que tenta promover seu serviço ou produto, atirando para todos os lados e sem direção, e sem um plano de marketing ou correta codificação dessas mensagens, trata-se de publicidade de amador e um ataque à inteligência do consumidor. É uma estratégia de Suicídio.”

Por essas e outras, enviar spam é uma estratégia de suicídio. É uma maneira de “queimar” a empresa ou a marca.

Pra terminar, estou postando uma carta de um ex-spammer, enviada ao Museu do Spam, (que encerrou suas atividades em 11/02/2003). Leiam e a analisem, como ela foi escrita. Segue:

“Oi, eu tenho um site na internet e depois de 4 anos e alguma coisa trabalhando com este site na rede, cai na bobeira de comprar um cd com 14 milhões de emails. Enviei uns 250 mil emails destes em 5 dias, sendo que uns 70% no minimo voltaram e sendo que destes 99% dizem que os emails não existem mais e o restante eram emails de resposta automatica de ferias ou de filtros avisando que o email foi identificado como spam.

Confesso que o meu provedor, a uol entrou em contato comigo duas vezes sobre que eu estava fazendo spam e o servidor do meu site tambem entrou em contato comigo, ambos disseram-me ameaças, confesso que mesmo assim não desisti, pois, o meu site aumentou as visitas de 700 para 1700 por dia, entrei no google e digitei ‘como enviar spam sem ser descoberto’ e na sexta posição encontrei o site museu do spam e não aguentei a curiosidade e entrei, nossa, li tudo, isto é, acabei de ler quase tudo do site, tanto a pagina inicial como as outras paginas, inclusive a parte “será que sou um spammer”, incrivelmente, em todas as citações que a pagina fala do spammer, me indentifiquei com quase todas, foi aí que bateu na minha consciencia, poxa, o meu provedor tá para me banir, o meu servidor estar para expulsar e eu aqui perdendo tempo enviando emails, chego a esta conclusão pq as visitas aumentaram, mais as vendas não, isto é, visitas inúteis, fui burro ao comprar este cd e prometo que não enviarei mais spam, não para vocês e sim para mim mesmo, vou dedicar meu tempo e minha conexão para aprimorar meu site que tem mais futuro, esta é uma carta desabafo e gostaria que meu email não fosse publicado no site para que outras pessoas não me importunem, pois, imagino que os seus visitantes devem odiar pessoas como eu que inundam a rede, pelo menos eu so inundei por cinco noites e parei a partir de ontem, pois hj não enviei por três motivos: a uol, o servidor do meu site e vocês, obrigado por vocês me fazerem ver o que realmente é certo.”

Essa carta é a cara do spammer… rs

Vale a inteligência.

Tema Portal WordPress - PortalPress


10 Responses to “Diferenças entre Newsletter e Spam”

  1. zidane

    Artigo muito interessante, thalis. eu concordo com tudo que o disse.

    Só acrescentando que ? s vezes depende da forma como que a empresa consegue endereços eletrônicos, para não serem considerados como Spam.

    Eu por exemplo recebo news da Americanas.com porque eu optei por receber e eu gosto de receber. (quando voce disse que um verdadeiro newsletter cria o desejo no usuario de receber esses emails, eu lembrei do meu caso com a Americanas.com)

    Mas eu também recebo news de empresas grandes mas qu eu não divulguei meu e-mail para eles. mesmo eles me enviando noticias sérias eu to considerando como spam.

    falô

    Reply
  2. Cris Zimermann

    Oi, Thalis! Obrigada pela visita e comentário no Business Opportunities Brasil 🙂 E o Virtual Entrepreneur, já visitou? rsrs Vale spam comment? hehehe. Mas é sério, esse post ilustra bem a ‘praga’ que é recebermos tantos spams indesejáveis, gostei!

    bjsss

    Reply
  3. kakaroto

    thalis. eu concordo com as suas ideias mais tu nao achar que o RSS
    nao ta ocupando o espaço dessas” Newsletter”,
    devido as vantagens que o RSS tem
    Quando eu faço site o cliente me pergunta vc vai colocar “New’
    eu olho com um sorriso e digo isso ta fora de moda
    a moda E RSS qual e a sua opniao ????
    E quem assinar o seu RSS e um publico qualificado e inteligente,
    tua estrategia de marketing e melhor trabalhada ???

    vou visita-lo com mais frequencia
    kakaroto
    http://www.obsidian.com.br

    Reply
  4. Thalis

    Kakaroto,

    Não considero a convencional newsletter, fora de moda. Muitos clientes ou assinantes estão acostumados assim. A newsletter vai até o cliente, e o RSS o cliente vai até ele. Antes de mudar essa política de notícias, deveria educar os destintários pra conhecerem o RSS. Acredito que a newsletter, ainda é muito importante. Muitos usuários (domésticos e normais) não conhecem RSS.

    Abraços

    Reply
  5. kakaroto

    Thalis bom ponto de vista
    Como uma ideia tem três de fase aceitação ,como estamos na 2 fase uhauhau
    sobre esse ponto de vista que você colocou por isso eu sempre
    coloco um link com aquele botao O que e isso ??? para orientar o usuario
    sobre isso . Sobre a educação e importante mesmo velho
    pq dessa forma acabar com esse maldito span dentro da web
    que nojo
    um abraço boa semana de trabalho
    kakaroto

    Reply
  6. kakaroto

    Thalis bom ponto de vista
    Como uma ideia tem três de fase aceitação ,como estamos na 2 fase uhauhau
    sobre esse ponto de vista que você colocou por isso eu sempre
    coloco um link com aquele botao O que e isso ??? para orientar o usuario
    sobre isso .
    Acredito que a educação e base de qualquer pessoa que assim ,como fomos
    reeducado dentro da web sobre a de questao de acessibilidade web e padrões
    de web , e nossa reponsabilidade educar nossos usuarios sobre As Vantagens do Rss .
    dessa forma esse spam acabam legal.
    Quando eu disse fora da Web rsrsr e algo estilo uso mais não com frequencia
    um abraço boa semana de trabalho meu velho
    kakaroto

    Reply

Leave a Reply

XHTML: You can use these tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>