E-mail Marketing, alguns erros frequentes


Não ter permissão para enviar mensagens

Não ter permissão para enviar mensagens é o erro mais sério. Existem muitas maneiras para conseguir endereços de e-mail, mas somente uma consegue endereços válidos: solicitar ao usuário/contato por cadastro. Adquirir bases de dados de procedência duvidosa e/ou enviar mensagens não solicitadas (SPAM) faz com que a reputação da empresa seja prejudicada nos servidores de e-mail e também com os usuários.

Mensagens de baixa relevância

A mensagem de e-mail mais lida através de uma base (DBM) é a primeira enviada, pois trazem informações vagas sobre o conteúdo que será enviado posteriormente. Esse efeito se chama: teaser. Embora seja legal para causar curiosidade, o resultado pode ser inverso no e-mail seguinte. Então, a alta taxa de cliques (CTR) deve ser aproveitada logo no primeiro envio, para já começar uma ação de relacionamento e fidelização com o target (público alvo).

Não usar mensagens personalizadas

A combinação nome e sobrenome é obrigatória, porém deveria ser usado informações demográficas, sócio econômicas e comportamentais para oferecer diferentes tipos de conteúdo aos diferentes perfis de contatos. Quem é que nunca recebeu um e-mail do tipo: “Fulano de Tal, conheças nossos novos lançamentos de bolsas de couro”, e esse fulano na verdade ser do sexo masculino. Nesse caso, o que adianta saber o nome completo do usuário?

Mensagens com deficiência

Criar um template de e-mail marketing não é o mesmo que criar uma peça para mídia impressa ou página de web. Construir esses templates da mesma forma como de um site, afetará a visualização das mensagens. Alguns recursos utilizados no desenvolvimento de páginas web não devem ser aplicados na criação de um template de e-mail marketing.

Não otimizar imagens

Na grande maioria dos webmails e softwares de e-mail, a exibição de imagens é bloqueada por padrão. Por isso, é imprescindível usar as alt tags nas imagens que contêm texto e que são importantes para a compreensão da mensagem. Quando o usuário abre uma mensagem com imagens bloqueadas, ele vê apenas uma área branca, se elas não tiverem textos alternativos.

Não mensurar resultados

Muitos profissionais acreditam que o papel do e-mail marketing termina quando o usuário visualiza a mensagem. Mensurar os resultados significa planejar as próximas ações, verificar o que deu certo, o que é bem aceito e quais os maiores interesses do público.

Siga-me no Twitter.

Tema Portal WordPress - PortalPress


2 Responses to “E-mail Marketing, alguns erros frequentes”

  1. Tulio

    Com certeza, o email marketing é sempre uma ferramenta muito eficaz, se voce conseguir enviar profissionalmente suas mensagens. Pra isso voce precisa de um sistema que faça todo o processo de envio profissional e que de a possibilidade de ter o monitoramento dos envios, saber quantos abriram, quantos clicaram na sua mensagem, q a mensagem nao seja bloqueada, etc. Softwares comuns não fazem isso. Recomendo o email marketing da Geekle – http://www.geekle.com.br/email_marketing/ uso já faz mais de um ano é super profissa, a melhor que conheço, já experimentei vários, e os caras lançam novidades sempre, novas funcionalidades, etc. Vale a pena conferir!

    Reply

Leave a Reply

XHTML: You can use these tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>