Tim Berners-Lee e a Web 3.0


Tim Berners-Lee, o Pai da Web, foi recebido como uma estrela de cinema, no início e no fim de sua apresentação sobre a evolução da web no Campus Party 2009. Ele correspondeu às expectativas do público, falando sobre sua visão de uma rede aberta; segundo a concepção de dados pessoais que circulam na rede não pertencerem a nenhuma empresa ou serviço. Podem ser usados livremente, respeitando-se os limites definidos pelo próprio usuário.

O futuro da internet será definido pelo público jovem, com a criação de dezenas de inovações das quais ainda não há sequer indícios: “A web é uma imensa plataforma, uma tela em branco pronta para receber criações com as quais eu nunca sonhei“.

Tim diz que estamos na hora de parar de criar centenas de cadastros nas diferentes redes sociais ou em sites da internet. Para ele, o caminho é unificar essas formas de acesso, organizar as informações disponíveis. É isso o que permitiria reunir de maneira mais fácil as bases de dados disponíveis na rede, facilitando ao usuário o trabalho de criar novos conteúdos com base nas informações já existentes. “As empresas não precisarão mais criar peças de publicidade porque as pessoas farão isso com os dados que têm disponíveis na internet“.

Um outro exemplo desse novo ambiente Web 3.0 ou Web Semântica, seria um determinado órgão de governo oferecer indicadores sociais ou resultados de suas atividades sem muita preocupação com a apresentação dos resultados. Os próprios cidadãos poderiam montar uma leitura desses dados da maneira que quisessem, de forma ágil e livre.

Pra concluir, Tim elogiou a proposta do Barack Obama, de oferecer ao público um volume maior de informações relativas ao governo. “Existe uma onda muito forte de ‘linked data’ [livre associação de dados diferentes pelo usuário], e o governo Obama chega na hora certa para surfar nessa onda.” Tanto que, Obama vai dar uma “guinada” na mente das pessoas que aindam não veem a internet como ela é.

Tema Portal WordPress - PortalPress


Leave a Reply

XHTML: You can use these tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>